Sarkozy diz que diplomacia é única solução para conflito na Geórgia1

Paris, 9 set (EFE).- A estratégia seguida pela União Européia (UE) no conflito entre Geórgia e Rússia é a única possível, disse hoje o chefe de Estado francês, Nicolas Sarkozy, após uma reunião em Paris com o presidente da Ucrânia, Victor Yushchenko.

EFE |

No encontro, Yushchenko declarou que não reconhece a independência da Ossétia do Sul e da Abkházia.

Sarkozy fez estas declarações em coletiva de imprensa junto com Yushchenko e o presidente da Comissão Européia (CE), José Manuel Durão Barroso, após a cúpula entre UE e Ucrânia, em que foi acordada assinatura em 2009 de um acordo de associação.

Segundo Sarkozy, a mediação ativa da UE e a vontade, "se tudo correr bem", de manter discussões de cooperação estratégica com a Rússia, constitui "a estratégia do bloco" e é a "única possível".

O presidente francês disse que a integridade territorial da Ucrânia "não é negociável para a Europa".

Por sua parte, Yushchenko declarou que "respeita a integridade territorial da Geórgia" e que a "Ucrânia não pode reconhecer a soberania da Ossétia do Sul e da Abkházia".

O presidente ucraniano disse ainda estar preocupado com os eventos ocorridos desde 7 de agosto na Geórgia, especialmente a entrada de tropas russas no país. EFE pdp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG