LAQUILA - Grandes potências do G8 darão até setembro uma chance para as negociações com o Irã, disse nesta quarta-feira o presidente da França, Nicolas Sarkozy, subindo o tom da disputa sobre o projeto nuclear de Teerã.


Falando depois de conversas com outros líderes do G8, Sarkozy declarou que as lideranças mundiais irão rever a situação com o Irã num encontro do G20, nos Estados Unidos, nos dias 24 e 25 de setembro. "Se não houver progressos até lá, teremos que tomar decisões", afirmou Sarkozy.

Num comunicado em separado, o G8 se disse comprometido com uma solução diplomática para o caso do Irã. Países ocidentais afirmam que o programa nuclear iraniano tem como objetivo armas atômicas.

Teerã, por sua vez, tem dito que o fim do programa é a geração de energia para fins pacíficos e se recusa a negociar sobre o tema. O comunicado do G8 também condenou testes recentes de mísseis pela Coreia do Norte.

Leia também:

Leia mais sobre G8


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.