Paris, 11 out (EFE).- O presidente francês, Nicolas Sarkozy, destacou hoje a sincronia entre França e Alemanha na gestão da crise financeira internacional, e disse que receberá o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, no domingo antes da cúpula extraordinária dos governantes do Eurogrupo.

"Estamos fazendo juntos todas as decisões, os preparativos e as análises", disse Sarkozy, em entrevista coletiva conjunta com a chanceler federal alemã, Angela Merkel, com quem se reuniu hoje no norte da França.

Sarkozy falou que existe uma "perfeita identidade de pontos de vista" entre Paris e Berlim, na véspera da reunião extraordinária dos líderes dos 15 países europeus que fazem parte do Eurogrupo, convocados para tentar adotar uma resposta conjunta à crise financeira.

O presidente francês aproveitou para anunciar que receberá o primeiro-ministro do Reino Unido no domingo, antes que comece a reunião do Eurogrupo, do qual o Reino Unido não faz parte, já que esse país não adotou a moeda única européia.

Sarkozy disse, na mesma entrevista coletiva, que a reunião de domingo - anunciada depois do pedido do presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, com quem se reuniu no sábado - começará às 17h (12h de Brasília) no Palácio do Eliseu.

Além dos governantes dos países do Eurogrupo estão convidados à reunião de urgência o presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, e o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet. EFE jam/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.