O presidente francês, Nicolas Sarkozy, disse nesta quinta-feira que não haverá mais ampliação da União Européia, incluindo a adesão da Croácia, sem a entrada em vigor do Tratado de Lisboa, rejeitado pelos irlandeses.

"Um certo número de países que tem reservas sobre o Tratado de Lisboa também é favorável à ampliação, mas sem o Tratado de Lisboa não há ampliação", disse Sarkozy em entrevista coletiva, após a abertura da Cúpula de Bruxelas.

Ao ser consultado sobre se a advertência valia para a Croácia, que deve se tornar o 28º sócio, em 2010, Sarkozy respondeu de forma afirmativa.

"Para a ampliação, é necessária a unanimidade. Seria muito curioso a Europa não chegar a um acordo sobre suas instituições e concordar em admitir o 28º, 29º, ou 30º membro".

cat/LR/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.