declarações insensatas de Ahmadinejad - Mundo - iG" /

Sarkozy denuncia declarações insensatas de Ahmadinejad

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, denunciou neste sábado em Caen (noroeste da França) as declarações insensatas do iraniano Mahmud Ahmadinejad sobre o Holocausto.

AFP |

"Não podemos aceitar as declarações insensatas do presidente Ahmadinejad" sobre o Holocausto, afirmou Sarkozy, durante uma entrevista coletiva conjunta com seu colega americano, Barack Obama, pouco antes das cerimônias do 65º aniversário do desembarque aliado na Normandia.

"A Europa, a França e os Estados Unidos são totalmente solidários" sobre este assunto", destacou o presidente francês.

Da mesma forma, "a França e os Estados Unidos concordam plenamente" sobre o fato de que o Irã não pode ter a arma nuclear, acrescentou.

"O Irã é um grande país, uma grande civilização. Queremos a paz e o diálogo com o Irã, Queremos ajudar este país a se desenvolver, mas não queremos a disseminação da arma nuclear", prosseguiu Sarkozy.

O presidente Ahmadinejad negou diversas vezes a existência do Holocausto. Em 3 de junho, ele voltou a qualificar o massacre de judeus em grande escala durante a Segunda Guerra Mundial de "uma enorme enganação".

npk/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG