Sarkozy comemora cessar-fogo em Gaza, mas espera mais

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, comemorou neste domingo em Jerusalém a decisão do governo israelense de decretar, de forma unilateral, um cessar-fogo em Gaza, mas considerou que é preciso ir mais longe, retirando as tropas israelenses do território palestino.

AFP |

"A decisão do governo israelense, unânime, de um cessar-fogo é uma decisão que apoiamos. É uma decisão digna de um Estado democrático, mas nós dissemos: é apenas o primeiro passo, é preciso ir mais longe", disse ele aos jornalistas.

"Não apoiamos, nem aprovamos, a intervenção do Tsahal (Exército israelense), em Gaza. Conhecemos e reconhecemos o erro inicial do Hamas, com os foguetes que provocaram a interrupção da trégua. Mas pensamos que o lugar do Tsahal não é Gaza", frisou Sarkozy, na presença de outros cinco chefes de Estado e de Governo europeus, que participaram neste domingo de uma cúpula sobre Gaza em Sharm el Sheikh (Egito).

pa/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG