Tbilisi, 8 set (EFE).- O presidente da França, Nicolas Sarkozy, chegou hoje a Tbilisi, vindo de Moscou, para informar o presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, dos acordos alcançados horas antes com a Rússia.

A chegada do chefe de Estado francês e presidente rotativo da União Européia (UE) ao aeroporto de Tbilisi, onde foi recebido pelo primeiro-ministro georgiano, Vladimir Gurgenidze, e pela ministra de Assuntos Exteriores, Ekaterina Tkeshelashvili, foi mostrada ao vivo pela TV local.

Sarkozy desembarcou na capital georgiana acompanhado de seu ministro de Assuntos Exteriores, Bernard Kouchner, do presidente da Comissão Européia (CE), José Manuel Durão Barroso, e do alto representante de Política Externa e Segurança Comum da UE, Javier Solana.

Nesta segunda-feira, a Rússia se comprometeu a retirar todas as suas forças das regiões próximas à Abkházia e à Ossétia do Sul. No local, Moscou aceitou a presença de observadores da UE, mas, em troca, exigiu garantias de segurança para ambas as províncias separatistas e o início de um debate internacional sobre a situação delas.

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, anunciou o compromisso em uma entrevista coletiva conjunta com Sarkozy, após mais de quatro horas de negociações nos arredores de Moscou.

"A retirada (das tropas) será efetuada no curso de dez dias após o posicionamento nessa região de mecanismos internacionais, que incluem pelo menos 200 observadores da UE, o que deverá ocorrer, no máximo, em 1º de outubro", disse Medvedev. EFE mv/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.