brutal e pede sanções a Mianmar - Mundo - iG" /

Sarkozy chama condenação de Suu Kyi de brutal e pede sanções a Mianmar

Paris, 11 ago (EFE).- O presidente francês, Nicolas Sarkozy, pediu hoje novas sanções da comunidade internacional contra o regime de Mianmar pela condenação brutal e injusta imposta à líder do movimento opositor desse país, Aung San Suu Kyi.

EFE |

A opositora e vencedora do Nobel da Paz em 1991 foi declarada hoje culpada e condenada a três anos de trabalhos forçados por um tribunal especial por violar os termos da prisão domiciliar.

Sarkozy condenou o veredicto em comunicado, no qual adverte às autoridades birmanesas que, com a sentença, confirma sua decisão de "ignorar as mensagens" da comunidade internacional.

Por isso, pede à União Europeia (UE) que adote novas sanções contra o regime militar birmanês e diz que essas medidas devem afetar os recursos dos quais se beneficia diretamente no campo da exploração de madeira e minerais.

A Presidência da UE, neste semestre ocupada pela Suécia, já anunciou que "reforçará" as sanções sobre Mianmar, embora não tenha especificado quais. EFE pi/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG