Sarkozy anuncia imposto sobre CO2 a partir de 2010

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, anunciou nesta quinta-feira que a partir de 2010 o país aplicará uma taxa carbono ao consumo de petróleo, gás e carvão, como parte do plano para combater o aquecimento global, sobre a base de 17 euros a tonelada de CO2.

AFP |

"Será criada a taxa carbono a partir de 2010 sobre o petróleo, o gás e o carvão, como um imposto sobre o dióxido de carbono (CO2), principal gás responsável pela mudança climática", declarou Sarkozy no departamento francês de Ain, centro-leste do país.

Sarkozy explicou que o consumo de energia elétrica não será incluído na taxa, já que na França a produção de eletricidade emite pouco CO2, em função do parque nuclear, da energia hidráulica, da biomassa, assim como, das energias renováveis.

A taxa carbono começará a ser cobrada sobre uma base de 17 euros (24 dólares) por tonelada de CO2, destacou Sarkozy, antes de afirmar que o imposto será compensado de igual modo aos cidadãos.

bur-gc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG