Os 30 tripulantes do veleiro de luxo francês Le Ponant, seqüestrados na última sexta-feira na costa da Somália, foram liberados sem incidente, anunciou o presidente Nicolas Sarkozy em um comunicado, que não explica as condições da libertação.

Ponant, que tem 850 toneladas e três mastros, voltava das Seychelles em direção ao canal de Suez quando foi seqüestrado, segundo autoridades.

Imediatamente após o seqüestro, o governo francês adotou um plano de emergência para resgatar o iate.

Leia mais sobre: França



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.