Sarkozy alerta Irã para risco de ataque israelense

Por François Murphy e Emmanuel Jarry DAMASCO (Reuters) - O presidente da França, Nicolas Sarkozy, alertou na quinta-feira o Irã sobre o risco de um ataque israelense caso a República Islâmica insista em desenvolver armas nucleares.

Reuters |

Teerã afirma que seu programa nuclear tem finalidades exclusivamente civis, destinadas à geração de eletricidade.

Os Estados Unidos e Israel, maiores inimigos do país no mundo, não descartam uma ação militar caso a diplomacia não baste para convencer Teerã a suspender seu programa de enriquecimento de urânio.

'O Irã está assumindo um grande risco ao continuar o processo de obter uma capacidade nuclear militar', disse Sarkozy numa reunião com os líderes de Síria, Turquia e Qatar, em Damasco.

'Um dia, qualquer que seja o governo israelense, podemos descobrir certa manhã que Israel atacou', acrescentou, num trecho do encontro mostrado pela TV. 'A questão não é se seria legítimo, se seria inteligente. O que vamos fazer nesse momento? Seria uma catástrofe. Devemos evitar tal catástrofe.'

As especulações sobre um bombardeio israelense contra instalações nucleares do Irã cresceram desde que o Estado judeu realizou em junho manobras aéreas que supostamente simulariam tal ataque.

(Reportagem adicional de Crispian Balmer)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG