Sargento americano condenado a prisão por assassinato de prisioneiros no Iraque

O sargento americano Joseph P. Mayo foi condenado nesta segunda-feira a uma pena de prisão de no máximo 35 anos pelo assassinato de quatro prisioneiros no Iraque em 2007.

AFP |

Segundo a sentença de uma corte marcial na cidade alemã de Vilseck, o sargento Mayo, de 27 anos, terá que passar pelo menos 10 anos na prisão antes de poder aspirar a liberdade condicional.

Mayo, que se declarou culpado de um dos assassinatos, afirmou na corte que os quatro prisioneiros, de mãos atadas e com os olhos vendados, foram executados com um tiro na cabeça e os corpos jogados em um canal da capital iraquiana.

No total sete militares americanos estão envolvidos neste caso. Em fevereiro, outro sargento foi condenado à prisão perpétua.

wai/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG