Sarah Palin reconhece ter tido medo ao saber da gravidez da filha

A ex-candidata republicana à vice-presidência dos Estados Unidos, Sarah Palin, reconheceu ter sentido medo num primeiro momento ao saber que sua filha, que deu luz à um menino no último domingo, estava grávida, segundo comunicado publicado nesta sexta-feira na internet.

AFP |

"Quando Bristol e Levi nos contaram que ela estava grávida, para ser sincera, primeiro olhamos a situação com medo e um pouco de desespero", escreveu a governadora do Alaska em um comunicado.

Tripp Easton Mitchell Johnston, o filho de Bristol Palin e seu namorado, Levi Johnston, nasceu domingo no Alasca.

"Estamos com os anjos com a chegada deste bebê maravilhoso e cheio de saúde", disse Sarah Palin. "O caminho que espera este jovem casal não será fácil, mas o que vale realmente a pena nunca é fácil", continuou.

No mesmo comunicado, Bristol Palin falou que ser uma jovem mãe não é nada "ideal". "As adolescentes não devem engravidar, não é um bom momento", disse, agradecendo sua família pelo apoio durante a gestação.

Aos 18 anos, a jovem deve voltar à escola na próxima semana para obter seu diploma, enquanto o pai do bebê, aprendiz de eletricista, vai terminar seu ano letivo seguindo cursos pela internet, segundo o comunicado.

kdz/lm/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG