Sarah Palin não descarta guerra com a Rússia por causa da Geórgia

A candidata a vice-presidente dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, Sarah Palin, não descartou uma guerra com a Rússia por causa da Geórgia, em sua primeira entrevista à TV americana depois da indicação. Ao responder a perguntas da emissora ABC News, Palin disse que apóia a entrada da Ucrânia e da Geórgia na Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte, a aliança de defesa ocidental).

BBC Brasil |

O entrevistador perguntou à candidata se o apoio dela significaria que os Estados Unidos teriam que entrar em guerra se a Rússia voltasse a invadir a Geórgia. Palin disse que isso é uma possibilidade.

"Talvez sim. Quero dizer, este é o acordo quando você é um aliado da Otan. Se outro país for atacado, há expectativa de que você seja chamado para ajudar."Palin insistiu, contudo, que os Estados Unidos e a Rússia "não podem repetir a Guerra Fria".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG