Sarah Palin faz visita ao Haiti

Ex-candidata à vice-presidência dos EUA viajou em missão humanitária e não fez comentários sobre o país que vive surto de cólera

iG São Paulo |

AP
Ex-governadora do Alasca visita pacientes com cólera em hospitais improvisados em Cabaret, no Haiti
A ex-candidata à vice-presidência dos Estados Unidos Sarah Palin chegou no sábado ao Haiti como parte de uma missão humanitária organizada pelo evangelista Franklin Graham e sua organização caridosa, a Samaritan's Purse.

Em comunicado postado na página de internet da organização, Graham declara satisfação por a ex-governadora do Alasca e possível candidata republicana à Presidência dos EUA em 2012 os acompanhar em uma breve viagem ao Haiti.

Uma das principais vozes do movimento de extrema direita Tea Party, Sarah não fez nenhum comentário público sobre a visita ao país devastado por um forte terremoto em janeiro passado, que deixou cerca de 300 mil mortos, e que vive uma epidemia de cólera. O surto da doença já causou a amorte de 2.193 pessoas e contaminou cerca de 100 mil em todo o país.

De acordo com a  Organização Internacional para as Migrações (OIM), ligada à Organização das Nações Unidas (ONU), nos últimos cinco meses 500 mil desabrigados haitianos deixaram os acampamentos em que estavam alojados desde o terremoto ocorrido no dia 12 de janeiro.

De acordo com a organização, os desabrigados ocupavam barracas frágeis demais para suportar a intensidade das chuvas que atingiram o país, tornando impossível a permanência nos acampamentos montados principalmente em Porto Príncipe, capital do Haiti. Outra razão são as más condições de higiene e sanidade nesses locais, que provocaram o surgimento de uma epidemia de cólera.

A OIM registra que mais de 1 milhão de haitianos continuam instalados em acampamentos improvisados.

*Com AFP e Agência Brasil

    Leia tudo sobre: sarah palinalascatea partyhaiticólera

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG