Sarah Palin aceita indicação republicana e ataca democratas

A candidata a vice-presidente na chapa do republicano John McCain, Sarah Palin, fez um duro ataque ao candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, na convenção de seu partido, em Saint Paul, no Estado de Minnesota, nesta quarta-feira. No discurso em que aceitou a indicação republicana, Palin defendeu suas raízes de cidade pequena e disse que Obama fala de mudança mas não fez nada significativo.

BBC Brasil |

Lembrando aos delegados republicanos de sua origem humilde e de sua posição de "mãe de torcida" de uma cidadezinha do Alasca, Palin fez menção à pouca experiência de Obama em cargo executivo.

"Antes que eu me tornasse governadora do grande Estado do Alasca, eu fui prefeita de minha cidade natal. E, como nossos oponentes na eleição presidencial parecem menosprezar esta experiência, deixe-me explicar a eles no que consiste o trabalho. Eu acho que um prefeito de uma cidade pequena é meio como um ativista comunitário, exceto que você tem responsabilidades reais", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG