gorda e feia - Mundo - iG" /

Sarah Ferguson, a duquesa de York, acha que está gorda e feia

Londres, 14 mai (EFE).- A duquesa de York, Sarah Ferguson, revelou que sofre de depressão contínua e que não pára de pensar que está gorda e feia e que ninguém a quer.

EFE |

A ex-mulher do príncipe Andrew, popularmente conhecida como Fergie, de 48 anos, fez as surpreendentes confissões em um programa de televisão que pretende ajudar as famílias britânicas a combater o problema da obesidade.

No programa da emissora "ITV" a duquesa é mostrada visitando uma família da classe trabalhadora na localidade de Hull, e dando conselhos sobre como seguir um regime saudável apesar de seu baixo orçamento.

"A cada minuto do dia penso que estou gorda, sou feia e repugnante. Que não valho nada e ninguém me quer", confessa Fergie diante das câmaras, antes de revelar que para superar sua depressão toma um banho gelado de manhã, o que a revigora para o resto do dia.

Em declarações aos jornalistas para promover o programa, Fergie negou que sua filha Beatrice, de 19 anos, fotografada recentemente de biquíni, esteja obesa.

"Não critiquem minha filha. Estão equivocados. Beatrice tem um corpo saudável. É uma menina maravilhosa e com um grande coração", disse Fergie, segundo o jornal "The Sun".

Sarah Ferguson, que decidiu voltar ao Reino Unido após ter se mudado para os Estados Unidos há 12 anos, diz que tem medo de como seus compatriotas a receberão.

A duquesa, que nos últimos anos foi porta-voz da organização americana contra a obesidade US Weight Watchers, se propõe a fazer na Grã-Bretanha uma série de programas a favor de sua causa favorita.

Seu modelo é o jovem chef britânico Jamie Oliver, que promoveu uma campanha para erradicar a chamada "junk food" dos colégios britânicos.

"Se (os britânicos) continuarem como estão agora, em 2050 o Governo terá que enfrentar despesas de saúde no valor de 50 bilhões de libras", alerta Sarah Ferguson.

A última edição do guia de viagens da série "Rough Guide", escrita por ingleses, descreve a Inglaterra como um país "de viciados em 'reality shows', obesos e beberrões". EFE jr/ev/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG