CONCEPCIÓN (Reuters) - Os saques se intensificaram nesta segunda-feira na militarizada cidade chilena de Concepción, devastada por um forte terremoto no fim de semana. Um grupo de pessoas saqueou produtos de um supermercado e ateou fogo na loja, disse uma testemunha à Reuters. A polícia lançou bombas de gás lacrimogêneo contra os saqueadores e os bombeiros tentavam chegar à área para controlar o incêndio.

"Estes são sujeitos maus. Se veem que não há comida, para que incendeiam", disse uma senhora que fugia do local, comentando sobre saques anteriores ao supermercado.

Um forte terremoto de magnitude 8,8 sacudiu a região centro-sul do Chile na madrugada de sábado e causou a morte de mais de 700 pessoas.

(Reportagem de Mario Naranjo)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.