Sapo sobrevive depois de ser engolido por cão

Um sapo-cururu sobreviveu depois de ser comido por um cachorro e passar 40 minutos no estômago do animal na Austrália. A cachorra Bella estava brincando no quintal de sua casa em Bakewell quando engoliu o sapo, segundo o jornal australiano Northern Territory News.

BBC Brasil |

"Eu joguei restos de tortas e pastéis para os cachorros na grama e não percebi que havia um sapo ali. Bella viu o animal e pensou que era uma das tortas", disse o dono do cachorro, o jogador de rugby Jackson Crews, ao jornal. "Ela engoliu o sapo inteiro", afirmou.

O cachorro foi levado para um hospital de animais e induzido a vomitar o que tinha comido. No início, apenas as tortas apareceram, mas, depois, o sapo também acabou saindo.

Crews disse que não conseguia acreditar que tanto o cachorro como o sapo haviam sobrevivido ao episódio.

O sapo-cururu libera um veneno quando está sob estresse, e cientistas acreditam que vários animais já tenham morrido ao serem intoxicados pelo veneno do anfíbio.

Crews disse que a gula de Bella provavelmente a salvou.

"Ela engoliu o sapo inteiro - foi provavelmente por isso que ela sobreviveu", disse Crews. O sapo foi mantido no hospital de animais.

Leia mais sobre sapos 

    Leia tudo sobre: animais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG