Um manifestante atirou nesta segunda-feira um sapato na direção do primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, que pronunciava um discurso na universidade de Cambridge, ao norte de Londres, no último dia de sua visita ao Reino Unido, comprovou um jornalista da AFP.

O manifestante se levantou e arremessou um tênis na direção do premier chinês e gritou "isso é um escândalo" antes de ser prontamente expulso do local, explicou o jornalista.

O sapato caiu a menos de um metro do primeiro-ministro, que discursava em uma sala de concerto da prestigiosa universidade.

O manifestante, um jovem de aparência ocidental, também exclamou: "Como podem ouvir as mentiras desse ditador?", antes de soprar um apito.

"Levantem-se, e protestem", gritou o jovem à multidão, quando estava sendo expulso do recinto pelas forças da ordem. "Vergonha, vergonha", responderam algumas pessoas.

Wen Jiabao não reagiu durante o incidente, mas criticou o manifestante ao reiniciar seu discurso.

"Este comportamento desprezível não vai interferir na amizade entre a China e o Reino Unido", declarou, arrancando os aplausos da platéia, formada essencialmente por estudantes chineses.

O incidente de hoje lembra o de 14 de dezembro passado em Bagdá, quando um jornalista iraquiano atirou seus dois sapatos na direção do ex-presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, durante uma entrevista coletiva.

rjm/yw/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.