congelam acordo com Hisbolá devido a críticas de líderes sunitas - Mundo - iG" /

Salafistas congelam acordo com Hisbolá devido a críticas de líderes sunitas

Beirute, 20 ago (EFE).- Vários grupos sunitas salafistas libaneses paralisaram o acordo assinado nesta segunda-feira com o grupo xiita Hisbolá devido às críticas feitas pelos líderes políticos e religiosos da comunidade sunita do Líbano.

EFE |

Segundo informa hoje a imprensa libanesa, os salafistas decidiram congelar o acordo para evitar divergências entre os sunitas, depois que importantes líderes desse braço do Islã asseguraram que o Hisbolá trata de "desestabilizar a comunidade (sunita)".

O documento, de oito pontos, rejeita as divergências e provocações, proíbe qualquer agressão entre muçulmanos, estipula colaboração frente ao projeto israelense-americano e pretende pôr um ponto final às acusações baseadas na religião.

Há dois meses, Trípoli, no norte do país, é palco de violentos confrontos entre membros das comunidades sunita e alauí - estes aliados do Hisbolá.

Na semana passada, um atentado contra um ônibus em Trípoli deixou 13 mortos e 55 feridos.

"Decidimos congelar o acordo de entendimento e tomar mais tempo para examiná-lo", afirmou Hassan Chahal, que assinou nesta segunda-feira o documento em representação dos grupos salafistas.

Dentro do Islã, o salafismo é uma corrente fundamentalista sunita que prega uma interpretação direta e literal do Corão e das doutrinas inspiradas na vida e na palavra do profeta Maomé. EFE ks/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG