Saída de tropas espanholas do Kosovo será gradual, diz ministra

Bruxelas, 26 mar (EFE).- A ministra de Defesa da Espanha, Carme Chacón, disse hoje ao secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jaap de Hoop Scheffer, que seu país quer que a retirada das tropas espanholas do Kosovo transcorra de maneira coordenada com as autoridades da Aliança e de forma gradual e flexível.

EFE |

A Otan concordou com essas condições e agora terá início um processo de consultas nos níveis político e militar, disse a porta-voz adjunta da Aliança, Carmen Romero.

"As autoridades militares espanholas estão em contato permanente com as autoridades militares da Aliança e adotarão todas as medidas necessárias para que este processo transcorra nas melhores condições possíveis e com todas as garantias para a missão", diz um comunicado do Ministério de Defesa da Espanha.

Durante uma reunião, Scheffer reiterou à ministra que "respeita a decisão" espanhola e agradeceu o trabalho das tropas.

Por sua vez, a ministra manifestou a Scheffer "o firme compromisso da Espanha com os valores e princípios da Aliança", e também com a paz e a estabilidade nos Bálcãs ao longo dos últimos 17 anos, dez deles no Kosovo, território cuja independência o país não reconhece. EFE met/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG