Sadr ameaça com guerra se operações contra seu movimento continuarem

O líder radical xiita Moqtada al Sadr ameaçou neste sábado lançar uma guerra se prosseguirem as operações das forças iraquianas e americanas contra bases de seu movimento, segundo comunicado com sua assinatura divulgado em Najaf (sul de Bagdá).

AFP |

"Lanço uma nova advertência, e dou minha palavra ao governo iraquiano, que escolha o caminho da paz e acabe com a violência contra seu próprio povo, senão será um governo de destruição", afirmou o líder xiita.

"Se as milícias inflitradas no governo não forem detidas, declararemos uma guerra até a liberação", ameaçou o clérigo, que lidera a atual milícia mais poderosa do Iraque, o Exército de Mahdi, que conta com cerca de 60.000 homens.

str-pbz/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG