Sacerdotes portugueses darão hóstia na mão para evitar gripe

Lisboa, 17 jul (EFE).- Os sacerdotes portugueses darão, a partir de próxima semana, a hóstia na mão dos fiéis, e não na boca, e seguirão normas de higiene estritas antes da eucaristia, a fim de prevenir contágios pela gripe suína.

EFE |

As novas normas foram divulgadas hoje pela Igreja Católica de Portugal e nelas se solicita aos sacerdotes que utilizem produtos de higiene para as mãos, recomendados pelo Ministério da Saúde português, antes de oficiar a eucaristia.

Além disso, segundo estas regras, os fiéis também não deverão "dar a paz" apertando as mãos ou se beijando, mas apenas com "um leve gesto com a cabeça".

A Conferência Episcopal também pediu aos padres que "retirem a água benta das pias das igrejas", para frear a pandemia da gripe suína.

As autoridades sanitárias de Portugal confirmaram, desde maio, 109 casos de gripe suína no país.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 9 de julho, a gripe suína ultrapassou os 100 mil casos em mais de 140 países e provocou mais de 500 mortes.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE prl/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG