Saakashvili vai aos EUA para participar da Assembléia Geral da ONU

Tbilisi, 19 set (EFE) - O presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, viajou hoje aos Estados Unidos para participar da 63ª Assembléia Geral da ONU, onde defenderá na semana que vem a integridade territorial do país.

EFE |

"A Geórgia, em cooperação com a comunidade internacional, pretende resolver os problemas pela via pacífica", disse Saakashvili à imprensa no aeroporto internacional de Tbilisi, antes de partir para Nova York.

Saakashvili, no poder desde 2003, ressaltou que "para a Geórgia é muito importante fortalecer a democracia e mostrar responsabilidade e moderação na solução desses problemas".

Ele defendeu "impulsionar as relações com os Estados Unidos e outros países aliados, ao mesmo tempo que desenvolver laços com a China e outras grandes potências, e aprofundar as relações com os países vizinhos".

Saakashvili assegurou que Tbilisi nunca renunciará à Abkházia e à Ossétia do Sul, cuja independência foi reconhecida por Moscou em 26 de agosto, e que sua política de entrada na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) é "irreversível".

Além disso, antecipou a introdução de reformas constitucionais, que permitirão uma maior participação da oposição nos trabalhos do Executivo.

Esta semana, a Rússia assinou com a Abkházia e a Ossétia do Sul acordos de amizade, cooperação e ajuda mútua em caso de agressão, similares aos que a União Soviética assinava com os países-membros do Pacto de Varsóvia. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG