Rússia vende US$ 1,8 bi em armas à Líbia

(Corrige valores no lide). Moscou, 30 jan (EFE).- O primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, anunciou hoje a venda de US$ 1,8 bilhão em armas à Líbia.

EFE |

"Ontem assinamos contratos de um total de 1,3 bilhão de euros (US$ 1,8 bilhão). Trata-se de armas de tiro e de outros tipos de armamento", disse Putin ao visitar a fábrica Izhmash, que produz fuzis Kalashnikov.

O diretor da Izhmash, Vladimir Gorodetski, assinalou que a venda garantirá a saúde financeira da empresa por dois anos e agradeceu a Putin pela ajuda para fechar o contrato, segundo a agência de notícias "RIA Novosti".

Os contratos de venda de armas foram assinados ontem após uma reunião em Moscou do primeiro-ministro russo com o ministro da Defesa líbio, Yunis Jaber.

A imprensa russa havia antecipado esta semana que o Kremlin esperava fechar vendas multimilionárias de aviões, sistemas de mísseis antiaéreos e carros de combate à Líbia durante a visita de Jaber.

Segundo um especialista do Centro de Análise de Estratégias e Tecnologias da Rússia, citado pelo jornal "Védomosti", o montante total dos contratos de venda de armamento à Líbia pode chegar a US$ 2 bilhões. EFE se/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG