Rússia vai permitir passagem de provisões dos EUA para o Afeganistão

Moscou, 6 fev (EFE).- A Rússia permitirá a passagem por seu território de provisões militares dos Estados Unidos, mas não de armamento, para a operação antiterrorista no Afeganistão, anunciou hoje o ministro de Exteriores russo, Serguei Lavrov.

EFE |

"Estamos à espera que nossos parceiros norte-americanos nos apresentem uma solicitação sobre a quantidade e o caráter da carga.

Tão em breve quanto a recebamos, daremos a correspondente autorização", assegurou Lavrov ao canal de televisão "Vesti".

Lavrov disse que as autoridades americanas procuraram as russas há poucos dias para pedir que se pusesse em prática o acordo feito em abril do ano passado entre Rússia e Otan sobre o trânsito de cargas não militares com destino às forças aliadas que combatem os talibãs no Afeganistão.

"Literalmente, no dia seguinte demos o sinal verde", acrescentou.

O chefe da diplomacia russa fez estas declarações pouco após o Quirguistão ter anunciado sua decisão de fechar a base aérea americana de Manás, a única da qual os aliados dispunham na Ásia Central.

Segundo a imprensa russa e ocidental, foi o Kremlin que conseguiu convencer o Quirguistão para que fechasse a base de Manás em troca de US$ 2 bilhões em créditos, outros US$ 150 milhões em ajudas e o perdão de parte da dívida externa.

Esta semana o presidente russo, Dmitri Medvedev, qualificou de "encorajadoras" as primeiras decisões da nova Administração americana em relação ao Afeganistão, se ofereceu para cooperar com ela e ressaltou que a luta contra o terrorismo não depende do número de bases. EFE io/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG