Rússia se dispõe a não renovar arsenal nuclear se EUA desistirem de escudo

A Rússia se declarou disposta a abandonar seus planos de renovação de seu arsenal de mísseis nucleares se os Estados Unidos renunciarem a seu projeto de instalação de um escudo antimísseis na Polônia e na República Tcheca, indicou nesta sexta-feira o chefe das forças estratégicas russas à agência Interfax.

AFP |

"Se os americanos desistirem de seus planos de instalar a terceira posição (do escudo antimísseis, no leste europeu) e outros elementos de defesa antimísseis estratégica, nós responderemos, sem dúvida, de maneira adequada", afirmou o general Nikolai Solovtsov, comandante das forças estratégicas russas.

Se os Estados Unidos cederem, "não precisaremos de uma série de programas, de programas caros", acrescentou.

"Hoje em dia não temos fundamentos ideológicos para um confronto. Se colocamos em prática os planos de desenvolvimento das forças estratégicas russas, não é nossa intenção meter medo em ninguém. Só agimos de acordo com a realidade", disse o general Solovtsov.

Os Estados Unidos já fecharam acordos para a instalação de dez mísseis interceptadores na Polônia e de um potente radar na República Tcheca. A iniciativa irrita a Rússia, que enxerga o movimento como uma ameaça direta. Washington insiste que o objetivo de seu escudo é evitar ataques de países como o Irã.

O mesmo general declarou na quarta-feira que a Rússia pretende renovar seu arsenal de mísseis nucleares, que data da época soviética, com uma nova tecnologia capaz de evitar sistemas de defesa nuclear antimísseis como o planejado por Washington.

ao/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG