Rússia revisará relações com Otan

Moscou revisará suas relações com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), após as intoleráveis declarações de membros da Aliança Atlântica sobre o papel da Rússia no conflito entre a Geórgia e sua república separatista da Ossétia do Sul, anunciou nesta segunda-feira o representante permanente da Rússia na Otan, Dimitri Rogozine.

AFP |

As relações entre Rússia e Otan "serão revistas de todas as maneiras, uma vez que as declarações do secretário-geral da Aliança, Jaap de Hoop Scheffer, sobre o uso excessivo da força pela Rússia (...) são absolutamente intoleráveis", declarou Rogozine, em entrevista publicada pelo jornal oficial russo Rossiiskaya Gazeta.

"Não são afirmações sérias, e menos ainda vindo do dirigente de uma organização como a Otan - organização que utilizou uma força desproporcional contra a população civil, principalmente durante o conflito na Iugoslávia em 1999", continuou.

Na terça-feira passada, os países da Otan condenaram o uso "desproporcional" da força por parte do exército russo contra as tropas georgianas durante o conflito na Ossétia do Sul.

mp/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG