Rússia reduzirá tropas para 1 milhão de soldados em 2012

Moscou, 8 out (EFE).- O ministro da Defesa da Rússia, Anatoli Serdiukov, anunciou hoje um plano de redução de soldados das Forças Armadas para um milhão em 2012, quatro anos antes do previsto anteriormente.

EFE |

"O plano era de que as Forças Armadas contassem com um milhão de soldados em 2016. O novo objetivo é alcançar esse número até 2012", assegurou Serdiukov, citado por agências de notícias russas.

Precisamente, o número de oficiais será reduzido dos atuais 450 mil para 150 mil dentro de quatro anos, devido à retirada dos soldados cujos períodos de serviço tenham expirado.

Serdiukov, primeiro civil a assumir o Ministério da Defesa na Rússia, lançou logo após assumir o cargo em fevereiro de 2007 uma profunda reforma das Forças Armadas a fim de pôr ordem em suas contas, contaminadas com a falta de transparência.

A Rússia conta atualmente com cerca de milhão e meio de soldados, três vezes menos em relação aos tempo de União Soviética.

Recentemente, o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, anunciou que o Governo destinaria outros 80 bilhões de rublos (2,2 bilhões de euros) para o rearmamento do Exército e o desdobramento de tropas no exterior. EFE io/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG