Rússia realiza três novos testes com mísseis balísticos

A Rússia realizou neste domingo mais três testes com mísseis balísticos intercontinentais, um dia depois de, em outro teste, ter supostamente quebrado o recorde de distância percorrida por esse tipo de armamento. Dois dos mísseis foram disparados de submarinos em extremos do país.

BBC Brasil |

Um deles saiu do Mar de Barents, ao leste da Noruega, e o outro saiu do norte do Japão.

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, assistiu dois dos lançamentos.

Ele disse que os testes indicam que as defesas antimísseis da Rússia são fortes e prometeu realizar mais lançamentos do tipo no futuro.

No sábado, Medvedev também acompanhou o teste com o míssil que, segundo o Kremlin, estabeleceu um recorde ao viajar mais de 11,5 mil km.

Nos últimos meses, os Estados Unidos acertaram a instalação de um sistema de defesa antimísseis na Polônia e na República Checa, países que durante a Guerra Fria faziam parte da zona de influência soviética.

A Rússia se opõe aos planos americanos e, nos últimos meses, tem realizado vários testes com mísseis balísticos.

    Leia tudo sobre: missil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG