Rússia pretende organizar conferência de paz sobre O.Médio

Damasco, 24 mai (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, entregou hoje ao presidente sírio, Bashar al-Assad, uma carta de seu colega russo, Dmitri Medvedev, na qual este comunica sua iniciativa de convocar uma conferência de paz para o Oriente Médio nos próximos meses.

EFE |

Segundo um comunicado da Presidência síria, o presidente Assad ressaltou a necessidade de "especificar os objetivos da conferência, as posições de todas as partes interessadas na paz e até que ponto Israel está comprometido com as bases das discussões".

Em janeiro, a Rússia já tinha adiantado que queria organizar uma conferência sobre o Oriente Médio na primeira metade deste ano.

Lavrov, que chegou a Damasco para uma reunião da Organização da Conferência Islâmica, se reuniu ontem à noite com o líder do movimento palestino Hamas em Damasco, Khaled Meshaal, e ressaltou a necessidade de manter contatos com o grupo islamita.

A Rússia faz parte do Quarteto para a Paz no Oriente Médio, junto com União Europeia, ONU e Estados Unidos. O grupo quer que o Hamas renuncie à luta armada, reconheça Israel e aceite os acordos assinados entre a Organização para a Libertação da Palestina e o Estado judeu. EFE gb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG