Rússia pede moderação à Geórgia e à Ossétia do Sul

A Rússia pediu neste sábado moderação e boa vontade à Geórgia e aos separatistas da Ossétia do Sul, envolvidos num conflito que deixou seis mortos na sexta-feira.

AFP |

"O ministério das Relações Exteriores conclama Tbilisi e Tskhinvali (capital da Ossétia do Sul) a demonstrarem moderação e boa vontade para resolver a crise", disse a chancelaria russa em comunicado.

"Estamos muito preocupados com a escalada da tensão, e vamos tomar providências enérgicas para impedir que a situação piore", avisou o ministério, afirmando que a Ossétia do Sul teve que enfrentar um ataque "em massa".

O primeiro-ministro do governo separatista da Ossétia do Sul ordenou neste sábado a evacuação das mulheres, das crianças e dos idosos de Tskhinvali e de seus arredores, "para garantir a segurança da população", segundo o site do departamento de informação dos separatistas.

Seis pessoas, entre elas três membros das forças de segurança, foram mortas, e outras sete ficaram feridas na sexta-feira por disparos procedentes das posições georgianas, segundo o governo da Ossétia. Já Tbilisi afirmou que os separatistas abriram fogo contra suas posições.

Como a Abkházia, a Ossétia do Sul proclamou unilateralmente sua independência da Geórgia no dia seguinte à queda da União Soviética, em 1991, mas não teve reconhecimento internacional.

im/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG