Rússia pede maior atuação da OSCE no conflito na Geórgia

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo Dmitry Medvedev pediu um papel mais atuante da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE, na sigla em inglês) na zona de conflito da Ossétia do Sul, na Geórgia, afirmou o Kremlin neste sábado. Em comunicado, Medvedev disse ter expressado essa opinião em conversas por telefone com Tarja Halonen, presidente finalandês que ocupa a presidência rotativa da OSCE.

Reuters |

Halones pediu que Medvedev concordasse com o aumento dos monitores militares da OSCE de 10 para 100, informou o governo finlandês.

O Kremlin não se pronunciou sobre os detalhes.

(Texto de Maria Golovnina)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG