Moscou, 20 jan (EFE).- O ministro de Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, assegurou hoje que Moscou participará ativamente da conferência internacional de reconstrução da Faixa de Gaza que o Egito deve acolher em meados de fevereiro.

"Será possível oferecer ajuda urgente a Gaza, em particular na reconstrução da infraestrutura e das áreas residenciais", assinalou Lavrov durante uma reunião com embaixadores de países árabes, segundo a agência oficial "Itar-Tass".

Lavrov ressaltou que "vários cargas de ajuda humanitária já chegaram à região em janeiro, e um hospital de campanha está preparado para ser transportado".

"Estamos preocupados especialmente com as crianças palestinas, e em manter o contato entre as autoridades da saúde em Gaza e a Cruz Vermelha. As atuais necessidades estão sendo satisfeitas, mas estamos dispostos a oferecer mais ajuda se for necessário", disse.

O ministro russo destacou o papel do presidente egípcio, Hosni Mubarak, na trégua entre israelenses e palestinos.

Também agradeceu aos países árabes seu apoio à iniciativa de Moscou de acolher este ano uma conferência internacional sobre o Oriente Médio.

A Rússia é o único membro do Quarteto de mediadores internacionais que não considera o Hamas uma organização terrorista.

EFE io/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.