MOSCOU - O governador da região russa de Smolensk, onde o avião no qual viajava o presidente da polônia, Lech Kaczynski, caiu neste sábado, informou que nenhum dos passageiros que estava a bordo sobreviveu.

O governador Serguei Atufiev confirmou a informação à agência de notícias russa "Interfax".

A Procuradoria russa informou que a bordo do avião presidencial polonês havia 132 pessoas, entre elas Kaczynski e sua esposa, enquanto o Ministério de Situações de Emergência do país disse que o número de vítimas era 87. EFE si/fm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.