Rússia não espera mudanças radicais na política externa dos EUA

Moscou, 24 nov (EFE).- A Rússia não espera mudanças radicais na política externa americana com o novo secretário de Estado, afirma Serguei Riabkov, vice-ministro de Relações Exteriores, em entrevista divulgada hoje pelo jornal Nezavísimaya Gazeta.

EFE |

"Não esperamos milagres nem decisões apressadas sobre as questões que consideramos significativas. Não acho que nos encontremos com uma revisão radical, profunda e decidida dos elementos básicos da política externa americana", declarou Riabkov.

O diplomata afirmou que, particularmente, no que se refere aos planos norte-americanos de posicionar elementos do escudo antimísseis na Europa Oriental, Moscou "não tem nenhuma esperança".

"Caso partamos do que se entende tradicionalmente como democratas e republicanos, esperamos que os EUA participem mais ativamente no atual sistema de instituições multilaterais", declarou.

Entretanto, ele previu que a política externa dos EUA tenha dogmas invariáveis no que se refere aos "interesses americanos" que devem ser seguidos por todas as administrações da Casa Branca.

"O processo de ajuste destes documentos requer em algumas ocasiões muito tempo", declarou. EFE io/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG