Rússia não descarta sanções se Irã descumprir obrigações

Moscou, 16 fev (EFE).- A posição da Rússia sobre o programa nuclear iraniano não mudou: se Teerã descumprir suas obrigações, ninguém pode excluir a aplicação de sanções, afirmou hoje a porta-voz do Kremlin, Natalia Timakova.

EFE |

"O Irã deve cooperar mais ativa e amplamente com a AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) e outros países no que se refere às informações de seu programa nuclear", disse a assessora de comunicação do presidente russo, Dmitri Medvedev, citada pela agência "Interfax".

Timakova destacou que a "comunidade mundial deve ter certeza de que o programa nuclear iraniano é de caráter pacífico". "Mas caso (o Irã) descumpra suas obrigações, ninguém pode excluir a aplicação de sanções", destacou.

A porta-voz disse que ontem Medvedev transmitiu-lhe a posição russa ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que antes de sua chegada à capital russa anunciou que um dos temas principais de sua reunião com as autoridades russas seria a ameaça nuclear iraniano.

"Vamos tratar, primeiro e sobretudo, do Irã", declarou Netanyahu, que frisou que Israel acha que a comunidade internacional "deve impor duras sanções ao Irã". EFE bsi/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG