Rússia instala mísseis em região separatista da Geórgia

Segundo comandante russo, mísseis de defesa foram instalados na Abkházia para impedir invasão do espaço aéreo

iG São Paulo |

A Rússia mobilizou sistemas de defesa aérea S-300 na região autônoma da Abkházia, região separatista pró-russa da Geórgia, segundo informou o comandante da Força Aérea, Alexandre Zeline, nesta quarta-feira. Outros meios de defesa antiaérea foram instalados na Ossétia do Sul, outro território separatista georgiano vizinho à fronteira russa.

"O objetivo destes meios de defesa antiaérea é não apenas proteger os territorios da Abkházia e da Ossétia do Sul, mas também destruir qualquer aparato que viole o espaço aéreo, qualquer que seja sua missão", afirmou o general Zeline, citado pela agência Itar-Tass.

Temur Yakobashvili, vice-primeiro-ministro da Geórgia, que se recusa a reconhecer a independência de Abkházia, disse que a notícia é "fonte de preocupação" para seu país e para a Otan.

O secretário do Conselho Nacional de Segurança da Geórgia, Eka Tkeshelashvili, criticou a atitude russa. "Isso mostra que a Rússia não pretende retirar suas tropas da Abkházia e da Ossétia do Sul, e que está de fato fortalecendo seu controle militar sobre esses territórios", disse.

As duas regiões rebeldes estão fora do controle da Geórgia desde o início dos anos 1990. Em agosto de 2008, a Rússia respondeu a um ataque da Geórgia contra a Ossétia do Sul, lançado após confrontos entre forças georgianas e rebeldes.

Depois disso a Rússia reconheceu os dois territórios como Estados independentes, fortalecendo seu controle sobre eles e assinando acordos para construir bases militares permanentes nessas regiões.

Com Reuters e AFP

    Leia tudo sobre: rússiageórgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG