Rússia impõe bloqueio naval sobre a Geórgia

Navios de guerra russos impuseram um bloqueio naval sobre a Geórgia para impedir a entrada de armas e de outros equipamentos militares neste país, informa a agência Interfax, com base em uma fonte da Frota russa.

Redação com agências |

"Navios da Frota do Mar Negro, entre eles o navio "Moskva", um cruzeiro lança-mísseis, instauram um bloqueio marítimo sobre a Geórgia", explicou a fonte. "Nossos oficiais receberam a ordem de impedir que armas e outros materiais militares cheguem à Geórgia pelo mar", acrescentou.

Segundo as fontes, o comando naval russo já começou o deslocamento de forças em direção à região do Mar Negro adjacente à Geórgia.

Ao mesmo tempo, na Geórgia vêem outras razões para o bloqueio e lembram que um dos primeiros alvos que a aviação russa já bombardeou várias vezes é o porto de Poti, de onde sai para o Ocidente o petróleo do Mar Cáspio, que a Rússia queria que trafegasse exclusivamente por seu território.

"A exportação do petróleo azerbaijano desde os portos georgianos ficou suspensa provisoriamente por causa das operações militares", disse à televisão azerbaijana Rovnag Abdulaev, presidente da Companhia Petrolífera Estatal do Azerbaijão.

A aviação russa também atacou, embora sem resultados, o oleoduto que cruza Geórgia, vindo do Azerbaijão com destino à Turquia.

* Com informações da EFE e da AFP

Leia também:

Leia mais sobre Geórgia

    Leia tudo sobre: georgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG