Moscou, 15 set (EFE).- O ministro da Defesa da Rússia, Anatoli Serdiukov, assinou hoje acordos de cooperação militar com seus colegas das regiões separatistas georgianas da Ossétia do Sul, Yuri Tanayev, e da Abkházia, Merab Kishmaria.

"De acordo com estes documentos, a Rússia poderá construir, empregar e aperfeiçoar a infraestrutura e as bases militares nos territórios da Abkházia e da Ossétia do Sul", disse o porta-voz do titular da Defesa russa, Alexei Kuznetsov citado pela agência oficial "Itar-Tass".

Segundo Kuznetsov, os acordos permitem "criar agrupamentos militares conjuntos tanto em tempos de paz, quanto nos de guerra".

Os documentos assinados hoje preveem que o Estado-Maior da base militar na Abkházia estará situado em Gudauta e o da Ossétia do Sul, em Tskhinvali. Cada uma destas bases russas terá 1.700 soldados.

A Rússia reconheceu a independência das duas regiões separatistas no final de agosto do ano passado, pouco depois da breve guerra russo-georgiana pelo controle da Ossétia do Sul, que Moscou chamou de "operação para a imposição da paz" à Geórgia.

Os territórios separatistas também foram reconhecidos como Estados independentes por Nicarágua e Venezuela. EFE bsi/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.