Moscou, 14 abr (EFE).- Mais de 9 mil soldados e 112 veículos militares de diversos modelos participaram hoje em Alabino, nos arredores de Moscou, do primeiro ensaio para o primeiro desfile militarcom armamento na Praça Vermelha desde o fim da União Soviética.

O desfile acontecerá em 9 de maio, em comemoração pelo Dia da Vitória sobre a Alemanha nazista.

O comandante do distrito militar de Moscou, general Valeri Guerassimov, supervisionou o ensaio, que avaliou de forma muito positiva, embora tenha dito que ainda faltaram alguns detalhes segundo a agência "Interfax".

Ao todo, 69 aviões e helicópteros sobrevoaram a área de treinamento, cuja superfície tem o mesmo tamanho da Praça Vermelha.

Durante o ensaio, que durou cerca de uma hora, sobrevoaram a área porta-mísseis estratégicos Tu-160 e Tu-165, caças Su-27, Mig-29 e Mig-31, aviões bombardeiros Sukhoi Su-24 e Tu-22M3 e um avião polivalente Su-34.

Além disso, participaram dos preparativos helicópteros Ka-50 (Black Shark), Ka-52 (Alligator), Mim-28, Mim-24 e de transporte Mi-26 e Mim-8.

No ano passado, o então presidente e atual primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, decidiu retomar os grandiosos desfiles militares da era soviética para comemorar anualmente o aniversário da vitória na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Seu sucessor no Kremlin, Dmitri Medvedev, presidiu pela primeira vez a parada militar como chefe do Estado dois dias após tomar posse.

O último desfile na Praça Vermelha no qual se exibiu armamento foi o de 7 de novembro de 1990, um ano antes da desintegração da União Soviética. EFE egw/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.