Moscou, 25 mar (EFE).- A Rússia deu por encerrada sua missão policial no Kosovo de comum acordo com as autoridades locais, anunciou hoje Leonid Pogorelov, comandante do contingente russo.

Ele explicou que os trabalhos realizados pelos soldados do Ministério do Interior e do Serviço Federal de Segurança (FSB) no marco da missão de paz da ONU foram passados à missão da União Europeia (UE).

"O grosso do agrupamento policial foi retirado do Kosovo no final de fevereiro e o último soldado abandonou o território nesta segunda-feira", disse Pogorelov, citado pela agência "Interfax".

Durante quase dez anos, mais de 400 policiais russos fizeram patrulhas, realizaram detenções e treinaram os agentes locais.

O contingente russo não sofreu qualquer baixa em todos estes anos e apenas em duas ocasiões um de seus integrantes teve que usar sua arma.

O primeiro presidente russo, Boris Yeltsin, assinou o decreto correspondente para enviar policiais russos ao Kosovo em junho de 1999. EFE io/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.