Rússia é um Estado que deve ser levado em conta, diz Medvedev

Moscou, 6 set (EFE).- O presidente russo, Dmitri Medvedev, afirmou hoje que a Rússia é um estado que deve ser levado em conta, e acrescentou que a crise na Ossétia do Sul o obrigou a refletir sobre a necessidade de fortalecer a segurança nacional.

EFE |

O país "nunca permitirá que atentem contra a vida e a dignidade de seus cidadãos. A Rússia é um Estado que deve ser levado em conta", disse Medvedev em reunião do Conselho de Estado dedicada à situação no Cáucaso e suas conseqüências, informou a imprensa local.

O chefe do Kremlin admitiu que atualmente há os que tentam submeter a Rússia a "pressões políticas", mas afirmou que essas tentativas serão infrutíferas.

"Isto não é nenhuma novidade para nós. Mas eles não poderão fazer nada", enfatizou.

Na reunião do Conselho de Estado, que reúne os líderes regionais e outras autoridades de país, Medvedev assinalou que após a crise na Ossétia do Sul "é preciso tirar conclusões sobre a estratégia de política externa e o trabalho conjunto para o fortalecimento da segurança nacional". EFE bsi/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG