Rússia e Suíça trocam notas de representação de interesses na Geórgia

Moscou, 13 dez (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, e a titular de Exteriores suíça, Micheline Calmy-Rey, trocaram hoje as notas que constituem o acordo pelo qual a Suíça representará os interesses russos na Geórgia.

EFE |

"A abertura do Escritório de Interesses da Rússia na Embaixada da Suíça na Geórgia ajudará a normalizar a situação e a manter os contatos entre os povos russo e georgiano", disse Lavrov, após as conversas com a ministra suíça, segundo a agência oficial "Itar-Tass".

Calmy-Rey disse que as autoridades da Geórgia solicitaram ao Governo suíço que assuma a representação dos interesses georgianos em território russo, o que Suíça está disposta a fazer, "se a Rússia estiver de acordo".

Lavrov disse que Moscou não vê inconvenientes em que a Suíça fique responsável pelos interesses georgianos na Rússia.

Em 3 de setembro, a Rússia e a Geórgia fecharam suas respectivas embaixadas em Tbilisi e Moscou, embora mantenham relações consulares.

A Geórgia rompeu relações diplomáticas com a Rússia depois que Moscou reconheceu a independência das regiões separatistas georgianas da Abkházia e da Ossétia do Sul, em 26 de agosto.

Os dois países protagonizaram um conflito bélico pelo controle da região da Ossétia do Sul entre 8 e 12 de agosto deste ano.

No início do mês seguinte, Moscou assinou com as regiões separatistas acordos de amizade, cooperação e assistência em caso de agressão, que contemplam a presença permanente de tropas russas em seus territórios. EFE bsi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG