Rússia e Polônia começam segundo dia de conversas sobre escudo antimísseis

Moscou, 8 abr (EFE).- Rússia e Polônia começaram hoje, em Moscou, o segundo dia de discussões sobre a implementação de um escudo antimísseis americano em solo polonês, informaram fontes do Ministério de Assuntos Exteriores russo.

EFE |

De acordo com a agência russa "Interfax", a reunião conta com a presença do vice-ministro de Exteriores da Rússia, Serguei Kisliak, e do diplomata polonês Witold Waszczykowsk.

Waszczykowsk chegou à capital russa com a proposta de que Moscou supervisione o processo de instalação do dispositivo, e assim possa comprovar que não se trata de uma ameaça à segurança da Rússia.

O Governo polonês, que ainda não autorizou oficialmente a colocação do escudo antimísseis, deixou claro que não permitirá a presença permanente de militares russos em seu país.

A República Tcheca, que abrigará radares de defesa antimísseis americanos, também se nega a aceitar a presença permanente de inspetores militares russos em seu território.

A Rússia considera a instalação do dispositivo de defesa dos Estados Unidos no Leste Europeu, que tem o respaldo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), uma ameaça direta para sua segurança. EFE bsi/rr/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG