Rússia e EUA dizem que não esperarão posse de Obama para discutir problemas

Moscou, 12 nov (EFE) - A Rússia e os Estados Unidos asseguraram hoje que não esperarão a chegada à Casa Branca da nova Administração americana para resolver os problemas que enfrentam, em particular em matéria de segurança e solução de conflitos. A principal mensagem para ambas as partes é que os contatos devem continuar para que não haja atrasos devido à mudança de Administração nos EUA, explicou Yuri Ushakov, chefe adjunto do gabinete do Governo russo, citado pelas agências locais. Ushakov, ex-embaixador russo em Washington, fez estas afirmações depois de se reunir com o subsecretário de Estado americano para Assuntos Políticos, William Burns, que chegou hoje a Moscou em uma breve visita. Burns, embaixador americano em Moscou até maio, é o primeiro funcionário dos EUA de alta categoria que visita este país desde o começo do conflito na Geórgia, em agosto. Os dois diplomatas coincidiram na necessidade de que os dois países se atenham ao marco estratégico forjado em abril passado no balneário russo de Sochi pelo atual primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente americano, George W. Bush.

EFE |

"Não deve haver pausa e é necessário prosseguir os contatos bilaterais", destacou.

Sobre isso, a embaixada americana em Moscou anunciou hoje que em dezembro será realizada a segunda rodada bilateral em matéria de defesa antimísseis.

No entanto, as perspectivas não são positivas, já que o Kremlin rejeitou hoje as últimas propostas dos Estados Unidos sobre cooperação no âmbito da defesa antimísseis.

"A Rússia está disposta a cooperar com os EUA na segurança da Europa, mas considera insuficientes as propostas apresentadas. Desta maneira, a Administração Bush quer pôr em uma situação sem saída o presidente eleito, Barack Obama", ressaltou a fonte.

"As propostas são insuficientes, não há nada novo. A atual Administração quer a qualquer preço (...) evitar todo debate", acrescentou. EFE io/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG