Rússia e EUA começam a negociar novo acordo sobre armas nucleares

Genebra, 13 nov (EFE).- Representantes de Estados Unidos e Rússia começaram hoje a negociar um novo acordo sobre armamento nuclear que substitua o atual Tratado de Redução de Armas Estratégicas (Start-1), que expira em dezembro de 2009.

EFE |

Uma porta-voz da missão americana na ONU confirmou que as discussões começaram e que a primeira rodada de conversas seguirá até dia 21 de novembro.

As conversas acontecem a portas fechadas e, por parte dos EUA, é conduzida pelo membro do Departamento de Estado Jerry Taylor.

Os EUA apresentaram no início de novembro suas propostas para prorrogar e emendar o tratado Start de redução dos arsenais estratégicos.

Moscou já deixou claro em várias ocasiões sua disposição em considerar propostas americanas para uma nova versão do acordo, que limita o arsenal estratégico de ambos os países e especialmente o número de mísseis intercontinentais.

O tratado foi assinado em julho de 1991, quando ainda existia a União Soviética, e então, as duas potências se comprometeram a reduzir seu arsenal de ogivas nucleares de dez para seis mil cada uma.

A Rússia considera muito necessário um renovado Start-1 e disse estar aberta a negociações, porém considera indispensável solucionar o problema do escudo antimísseis e os planos dos EUA de desdobrá-lo na Polônia e na República Tcheca.

Embora tanto Moscou como Washington achem ser necessário assinar um novo acordo juridicamente vinculativo antes que expire o Start-1, ainda não entraram em acordo sobre o regime de limitação dos armamentos estratégicos ofensivos. EFE vh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG