Rússia e China vetam sanções da ONU contra o Zimbábue

A China e a Rússia - membros permanentes - vetaram nesta sexta-feira um projeto de resolução do Conselho de Segurança apresentado pelos Estados Unidos que imporia severas sanções ao governo do Zimbábue por seu violento e questionado processo eleitoral.

AFP |

O projeto recebeu nove votos a favor, cinco contra (os da China, Rússia, África do Sul, Líbia e Vietnã) e uma abstenção (Indonésia).

Robert Mugabe, o mais antigo dos chefes de Estado africanos, há 28 anos no poder, tomou posse recentemente para um sexto mandato de presidente do Zimbábue, ao final de uma eleição "fraudada", segundo a oposição e os países ocidentais.

Vencedor do primeiro turno da eleição, em 29 de março, o líder da oposição Morgan Tsvangirai abandonou a disputa eleitoral diante da violência contra seus partidários, que deixou 103 mortos, 10 mil feridos e 5 mil desaparecidos.

ga/jb/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG