Moscou, 5 fev (EFE).- A Rússia se reserva ao direito de responder com um ataque nuclear a uma eventual agressão externa com armas nucleares ou convencionais, segundo a nova doutrina militar aprovada hoje pelo presidente russo, Dmitri Medvedev.

EFE io-se/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.